Article

Relatório sobre pagamentos globais de 2018: 7 conclusões sobre o comércio eletrônico

Equipe Editorial Worldpay

August 18, 2019

 O Relatório sobre pagamentos globais da Worldpay de 2018 oferece uma visão geral abrangente de como os consumidores fazem pagamentos em todo o mundo todo, da Argentina ao Vietnã. Nosso relatório detalha como pagamos hoje — e projeta como pagaremos no futuro — em todo o mundo, por região e em 36 países selecionados.

O cenário dos pagamentos de hoje revela um caleidoscópio da diversidade, meticulosamente documentado por nossa equipe global de especialistas em pagamentos. Nós analisamos além dos números para explorar a arte e a ciência dos pagamentos com estudos sobre tendências de pagamentos convincentes.

Aqui estão sete principais conclusões do relatório para empresas de comércio eletrônico:

1. Pagamentos alternativos são agora a tendência dominante

Métodos de pagamento que não sejam cartões de crédito e débito são geralmente considerados “alternativos”. Mas centenas de métodos “alternativos” estão redefinindo o conceito de tendência dominante. Pedidos por meio de dispositivos móveis e aplicativos de pagamento de restaurantes de serviço rápido são muito populares nos EUA, enquanto na Ásia, as eWallets (carteiras eletrônicas) são responsáveis por mais da metade (53%) dos gastos em comércio eletrônico.

2. Habilite carteiras móveis para pagamentos online sem interrupções

Os consumidores vivenciam experiências de compra seguras e sem complicações. Hoje, as eWallets têm papel primordial nesta experiência. Considerando 36% dos gastos globais com eCom (comércio eletrônico), aceitar várias carteiras eletrônicas é essencial.

3. A crescente importância das transferências bancárias

As transferências bancárias estão crescendo em popularidade. Conveniência do consumidor, menor custo de aceitação e mudanças regulatórias como a PSD2 fazem da transferência bancária um método em ascensão.

4. O poder acelerado do agora

Os serviços “Compre agora, pague depois” e “experimente antes de comprar” como Klarna e AfterPay estão ajudando os varejistas a reduzir o atrito na finalização do pagamento, permitindo que os consumidores adiem o pagamento. Veja como essa nova abordagem de crédito do consumidor está ganhando força.

5. O comércio eletrônico transfronteiriço exige conhecimento local

Os métodos de pagamento evoluem com base em condições econômicas e culturais locais. Isso torna difícil a entrada em novos mercados. Um parceiro de pagamentos com conhecimento local e escopo global ajuda a eliminar as dificuldades.

6. Mudanças no topo dos maiores mercados do mundo

A China tornou-se o maior mercado consumidor do mundo, uma posição que deverá continuar a ocupar até 2022, segundo nossas projeções. A China é seguida pelos EUA e o Reino Unido em pontos de venda (POS) e comércio eletrônico. Em termos de taxa de crescimento, vemos a Nigéria, Colômbia e Índia com taxas de crescimento de mais de 20% em comércio eletrônico, e Argentina, China e Coreia do Sul com expectativa de verem os maiores ganhos em pontos de venda.

7. China: a gigante do comércio eletrônico

O tamanho extraordinário do mercado de comércio eletrônico chinês é notável: US$ 1.26 trilhão em 2018. As taxas de crescimento estão desacelerando um pouco, para 9% até 2022, mas a trajetória “mais baixa” verá o comércio eletrônico da China superar US$ 1.7 trilhão em cinco anos. O mercado da China deixou para trás a etapa do desktop, fazendo os dispositivos móveis serem responsáveis por mais da metade do comércio eletrônico, uma perspectiva que só tende a crescer.

Você está pronto para expandir seu negócio de comércio eletrônico em novos mercados? Descubra como os compradores em todo o mundo estão se envolvendo com comerciantes no momento mais importante — o pagamento. Exploramos o cenário em 36 países para ajudar você a estabelecer sua estratégia de pagamentos globais.

Relatório

Relatório sobre pagamentos globais

Saiba mais sobre como o mundo faz pagamentos e como isso afeta o crescimento da sua empresa.

Download